11.2.12

Sem exagero... mas achei uma foto perfeita para hoje!




Até quando meu Deus até quando a gordura vai tirar minha alegria?!

Gente isso dá depressão!

Estar GordA além de um monte de problemas estarem afetando minha saúde física... esta atrapalhando minha saúde mental! Que droga que porcaria! Dá impressão que só isso importa na vida, e lógico que não é a vida é de longe muito mais do que um corpo bonito!


ENTÃO PRECISO APRENDER A VIVER!

Sempre que vejo as pessoas olhando em minha direção sinto que estão comentando... 'olha lá a GORDA' se estou de salto... 'vai quebrar o salto' e essas idiotices em diante!

AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH
HHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHA

AH!

SAI MAU HUMOR

DESCULPEM! =(

12 comentários:

  1. Ai como eu te entendo, a pior hora pra mim é quando vou sair e abro o guarda roupa! tirando o uniforme do trabalho, ando saindo quase sempre com mesma blusa, preta e soltinha! é bravo viu!! deixar a comida comandar a vida da gente, a gente não resolve se quer ser magra (e fazer realmente algo pra isto) ou se compramos roupas maiores, e vivemos felizes assim, por isto tanto sofrimento :( eu ando numa jaca atrás da outra :(

    ResponderExcluir
  2. Anônimo11/2/12

    tô impressionada, achei até que era eu falando...

    ResponderExcluir
  3. Calma, mulher!
    Parou com a dieta?
    Não desista, vc tava indo tão bem!!!
    Beijo :)

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Te entendo pq tb passo por isto...

    Só p/te dar um exemplo: eu como muito pouco na frente dos outros (não sou fã de "comida" - arroz, feijão, bife, etc. mas ADORO lanches e baboseiras) e tenho certeza q ninguém entende pq sou gorda :(

    Às vezes desanimo, comer pouco é um sofrimento e comer demais é dar continuidade no processo de engorda.

    Já deixei de comprar produtos da Natura de uma senhorinha q perguntou se eu estava grávida (percebeu o tamanho do meu problema, digo, pança?)

    Bjos,

    Amanda

    ResponderExcluir
  5. Oi...
    Sei exatamente como se sente... e, realmente, pareceaté eu reclamando, uns meses atrás... mas, hoje a hostória é outra, e se eu e muitas outras conseguem, você e tantas outras vão conseguir também. O pior, nesse momento, é se deixar levar pelo desânimo e burlar a RA. Força, amiga, eu bem sei o quanto é difícil; o quanto eu chorava; e pra comprar roupa, então... ou nada me servia ou era tudo horroroso ou igual as peças que eu já tinha... e por mais que sejam legal com você, você sempre desconfia de qualquer olhar e, principalmente, cochichos ou risadinhas na sua direção... fiquei com mania de perseguição... Olha, estou aqui pra ajudar... nem que seja só com palavras.
    Beijos... Jesus, está preparando a sua vitória;)

    ResponderExcluir
  6. Eu detesto estar gorda. Sim, porque eu ESTAR gorda, é diferente de SER gorda. Sempre digo ESTAR gorda porque é uma forma de dizer pra mim mesma que é algo que um dia vai ter fim.
    Mas mesmo assim nunca fiquei encanada de achar que estão falando de mim ou coisa do tipo.
    Meu mal humor é sempre na hora de sair e nada servir. E também odeio reencontrar pessoas que quando me viram da última vez eu estava magra.
    Te entendo perfeitamente. Desabafe quando quiser.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  7. eu me trancava em casa e só comia, até que mandei o mundo se fuder e resolvi pensar um pouquinho na minha felicidade....

    hj estou bem ,longe de um corpo perfeito,mas meu estado de espirito esta melhorando e muito

    Bjus♥

    ResponderExcluir
  8. Nossa amiga, eu te entendo mto bem!
    Tb me sentia assim, completamente infeliz... Nesses anos em que estive gorda ñ vivi... Eu ia a lugares mas nao estava ali... Fisicamente sim, mas meus pensamentos estavam sempre longe, e sempre pensando em mim mesmo, magra de novo, como eu era antes da primeira gestação. Vivi 5 anos em função disso, de voltar a emagrecer. Hj, com 43 Kg off já sou outra, ou mehor, a mesma, de novo! Por mais que as coisas estejam ruins a minha volta, eu estou sempre feliz, sempre alegre! Consegui o que eu mais queria na vida (isso mesmo, eu desejei minha cirurgia mais que tudo na vida) e estou tão perto da meta que nada tira meu sorriso do rosto!
    Por isso te compreendo, e pode desabafar! Falar faz tão bem e vc ñ tem que pedir desculpas por isso não!
    Bjsss

    ResponderExcluir
  9. entendi muito bem o que vc quis dizer com seu texto hj
    e só nos que estamos nesta luta de perder peso sabemos o quanto é difícil ter estes pensamentos e ser tão demorado o processo de emagrecimento não ajuda em nada a nossa mente
    tente se focar no que vc está fazendo hj para mudar tudo que vc não gosta em seu corpo em sua vida e tenha certeza que logo uma nova fase acontecerá e vc só vai desfrutar de bons pensamentos e de muita alegria com certeza....

    ResponderExcluir
  10. Querida, perder peso é como largar um vício... sim, o vício de comer. Isso, claro, se vcê não tiver algum problema de saúde que te faça engordar! Então, o negócio é o seguinte, como dizem os americanos: baby steps! Ou seja, passinhos de bebê... planeje-se e programe-se para pequenas vitórias, uma a uma. É difícil, to passando por isso tb, mas é possível! Um passo de cada vez e passos pequenos! No meu caso, não parei de comer nada do que gosto! Diminuí as quantidades. E nos primeiros dias, quando dá fome, bebo água, chá (sem açúcar), como uma cenoura crua... depois de alguns dias, seu organismo se acostuma com a diminuição da quantidade, acredite. Outra coisa: use talheres e pratos menores. É ilusão de ótica, mas vc vê o prato cheio com menos e acaba comendo menos tb! Isso é praquelas horas em que a gente come sem mesmo ver que está comendo (e qdo a gente engorda). Força! Um ajudando o outro, estendendo a mão, dando apoio, funciona!!

    Beijinhos,

    Luiza Mallmann
    decorarsustentavel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Tem selinho pra vc lá no blog!
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Anônimo27/2/12

    CHUTA QUE É MACUMBA!

    ResponderExcluir

=^^= Comentário =^^=