25.11.13

Regime do $$





A dedicação para colocar as suas finanças em ordem é muito parecida com ocomprometimento em seguir uma dieta rigorosa. Tanto a dieta de dinheiro quanto a de comida são difíceis de seguir, são para o seu próprio bem e nos dois casos se você não se permitir algumas escapadas vai acabar surtando, pois a compulsão por comprar ou por comer acabará causando um rombo grande no seu percurso. E que muitas vezes, desanima e torna o objetivo mais distante.
Todas nós sabemos como é difícil ignorar a tentação de se permitir comprar uma coisinha aqui outra alí. Mas quando você está no processo de privação, é preciso tomar cuidado para não darescapadonas descontroladas que acabam levando para um estágio pior que o inicial. Para dar uma melhorada nesse caminho, experimente as dicas abaixo para permanecer motivada, focada e conseguir eliminar o peso da dívida.
1. Considere o poder psicológico de pequenas indulgências. Pare de se cobrar e seja mais tolerante com seus deslizes. Você se surpreenderá com o bem lhe fará gastar um dinheirinho depois de suar para economizar. Essa atitude lhe trará uma ótima sensação e aumentará a sua auto-estima. Vale ressaltar que o dinheirinho é controlado. É saber que você pode fazer a farra dentro daquele limite.
2. Se dê presentes conforme atingir as metas mas planeje antes o quanto vai gastar com cada presente. Por exemplo, a cada 1000 reais eliminados da sua dívida, você ganha 50 reais para gastar no que quiser. Se não tiver nada que queira comprar, abra uma poupança com o nome “Shopping” e se dê o luxo de juntar para comprar o que bem entender. Sem peso na consciência.
3. Não foque no valor monetário das recompensas e sim no significado. É um prêmio por você ter se comportado da maneira certa, por isso nada mais justo do que “se-pagar” pelo feito memorável. Só sabe o quão dificil é quem já teve que pagar uma dívida.
4. Não desista por causa de um deslize. Se entrar em um frenesi de compras e se desfazer de tudo que vem trabalhando nos últimos meses, calma. Pare, respire e reflita o porquê de estar agindo dessa forma. Muitas vezes o problema é da pessoa pode ser ansiedade, depressão compulsão, por exemplo. Não tome esse escorregão como uma ponte para se jogar no descontrole. Experimente começar de novo que tudo vai ficar bem.
5. Resista. Ao invés de gastar dinheiro na hora. Escreva em um papel o valor da peça e reflita. Geralmente, a maioria das compras são menos apetitosas com a lucidez do dia seguinte.

Por Vivi Figueiredo WWW.BOLSACARTEIRA.COM.BR

8 comentários:

  1. Nossa amiga é verdade fazer dieta e fazer economia é muito parecido mesmo, obrigada pelas dicas...Bjos

    ResponderExcluir
  2. Santas dicas! kk necessito e muito delas.
    Obrigada e beijos

    ResponderExcluir
  3. eu consegui ficar sem meses sem surpéfulos porque toooooooooooooooooodo mundo sabe ke além de comedora compulsiva sou shopahollic... e até ke funcionou bem e dei uma firmada nas finanças.. agora meio ke to dando umas rabiadas... HORA DE MAIS SEIS MESES SEM COMPRAS SUPÉRFULAS.. mas vou dar o pontapé depois das compras de natal..kkkk.. pq vou merecer um "miminho"..kkkkkkk;; bjokas lindeza e sucesso sempre

    ResponderExcluir
  4. Um post pra lá de atual, excelente. Beijo.

    ResponderExcluir
  5. Nossa que legal, temos que pensar mesmo...adorei esse texto, preciso das dus dietas rs. Bjs,Trícia.

    ResponderExcluir
  6. é isto aí , beijos ke .

    ResponderExcluir
  7. Estou precisando fazer este regime financeiro tb! Sou muito gastona! Bjs e excelente post

    ResponderExcluir
  8. Interessante esse texto. To começando com a dieta agora, se vc puder me ajudar com alguma dica, vou adorar. E parabens pelo seu êxito na dieta. bjão.

    http://stellanaoartois.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

=^^= Comentário =^^=